Perante a notícia do falecimento do Presidente da República Bolivariana da Venezuela, Comandante Hugo Chávez Frias, a Direcção Nacional do Conselho Português para a Paz e Cooperação expressa o seu profundo pesar e transmite os mais sentidos pêsames à sua família e a todo o povo venezuelano.
Tendo seguido com atenção e solidariedade os processos transformadores desencadeados sob a presidência de Hugo Chávez, que representaram a melhoria das condições de vida para milhões de venezuelanos, mas também possibilitaram o desenvolvimento económico e social de toda a região da América Latina, e o aprofundar das relações de amizade, solidariedade e paz entre os povos, o CPPC reprova as tentativas de aproveitamento do falecimento do Comandante Hugo Chávez, por sectores da velha oligarquia venezuelana e dos EUA, que pretendem recuperar para si privilégios que condenavam a maioria da população à miséria.

O CPPC, certo que o povo venezuelano defenderá a sua Constituição Bolivariana e todas as conquistas alcançadas, que prosseguirá a Revolução Bolivariana e a defesa de uma mundo mais justo, solidário e de paz, reafirma toda a sua fraterna solidariedade para com o povo e os ideais bolivarianos.