Outras Notícias

Realizou-se no passado dia 19 de Fevereiro, no Clube dos Fenianos Portuenses, uma Sessão de Solidariedade com a República Bolivariana da Venezuela.
 
Nesta sessão que contou com a participação de cerca de 100 pessoas, ficou expresso o apreço à corajosa acção do povo venezuelano na defesa do seu País, da sua revolução e da sua Constituição Bolivariana, aprovada em 1999, impedindo distorções na sua aplicação, seja através de eleições, seja nas ruas, o povo venezuelano tem demonstrando que quer continuar, em democracia, o desenvolvimento económico, social e cultural e uma política de paz e cooperação entre os povos, um importante contributo para a evolução progressista da América Latina e sua afirmação soberana. Os presentes manifestaram ainda admiração pela forma corajosa como o Presidente Hugo Chávez tem enfrentado toda esta situação.
 
Na sessão, que começou com um momento musical oferecido pela pianista Maria Manuel Rito, seguida de uma saudação do Presidente do Clube dos Fenianos Portuenses, intervieram Ilda Figueiredo, presidente da Direcção Nacional do Conselho Português para a Paz e Cooperação, Gonçalo Duarte, Presidente da Direcção da Associação Porto com Cuba e o Representante da Embaixada da Venezuela, o Cônsul Danis Vilória.
 
Como, inicialmente, Ilda Figueiredo recordou, esta iniciativa, no Porto, surgiu depois de idêntica iniciativa em Lisboa, no passado dia 2 de Fevereiro e apoiada por inúmeras organizações sindicais e do movimento da paz.
 
Foi sublinhada a enorme transformação na vida do povo venezuelano conseguida com a revolução bolivariana e o seu contributo, designadamente através da ALBA – Aliança Bolivariana para as Américas, com a sua visão de entre-ajuda e bem-estar social e de mútuo auxílio económico entre a República Bolivariana da Venezuela e outros estados
 
No final da sessão foi aprovada por aclamação, uma moção de Solidariedade com República Bolivariana da Venezuela.
 
Moção
Solidariedade com a República Bolivariana da Venezuela
 
Os participantes na Acção de Solidariedade com a República Bolivariana da Venezuela realizada no Porto, em 19 de Fevereiro, consideram da maior importância expressar toda a solidariedade à República Bolivariana da Venezuela face à inaceitável campanha de quem se pretendeu aproveitar de uma situação, corajosamente enfrentada pelo Presidente Hugo Chávez, para pôr em causa a dignidade e a vontade expressa em sufrágio do Povo venezuelano, a sua lei fundamental, os seus órgãos institucionais democráticos e o importante progresso social de melhoria das condições de vida da população conseguido com a Revolução Bolivariana, tendo, igualmente dado um importante contributo para a evolução progressista da América Latina e sua afirmação soberana.
 
Os participantes nesta acção de solidariedade expressam o seu apreço à corajosa acção do povo venezuelano na defesa do seu País, da sua revolução e da Constituição Bolivariana, aprovada em 1999, impedindo distorções na sua aplicação, seja nas eleições, seja nas ruas, demonstrando que quer continuar, em democracia, o desenvolvimento económico, social e cultural e uma política de paz e cooperação entre os povos.
 
Clube dos Fenianos Portuenses, 19 de Fevereiro de 2013