Outras Notícias

Seminário Internacional

  • O CPPC participa neste momento na reunião do Comité Executivo do Conselho Mundial da Paz, que decorre de 20 a 21 de Novembro, em Guantanamo, Cuba e onde participam 14 organizações de diversas partes do mundo, entre outros assuntos deverá ser tomada a decisão sobre a data e o local da realização da próxima Assembleia Mundial da Paz, a realizar em 2016.

    A reunião do executivo será seguida do IV Seminário Internacional pela Paz e pela Abolição das Bases Militares Estrangeiras, de 22 a 25 de Novembro, organizado em conjunto pelo CMP e pelo Movimento Cubano pela Paz e a Soberania dos Povos e que reunirá centenas de delegados de todo o mundo, na cidade que tem parte do seu território ocupado pela Base Naval dos EUA na baía de Guantanamo.

    Na abertura da reunião do comité executivo foi inaugurada uma exposição de cartazes pela Paz.

  •  

    Intervenção de Ilda Figueiredo, presidente da Direcção Nacional do Conselho Português para a Paz e Cooperação, no Seminário "A ATUALIDADE DA LUTA PELA PAZ" realizado a 19 de março de 2016, em Almada.

    "Senhor Presidente da Câmara Municipal de Almada
    Senhora Presidente do CMP
    Estimadas Amigas
    Estimados Amigos

    Em nome do Conselho Português para a Paz e Cooperação, uma saudação muito especial a todas e todos os presentes, e de um modo particular aos companheiros de organizações estrangeiras que estão a participar na reunião da região Europa que o CPPC acolhe como coordenador do CMP para esta região, a presidente do CMP, companheira Socorro Gomes, e o Secretário Executivo Iraklis Tsadivaris. Estão presentes companheiros de movimentos da Paz da Irlanda, França, Alemanha, Chipre, Grécia, Finlândia, Turquia, Bélgica, República Checa e Brasil, além, claro, do CPPC.
    Agradecemos muito à Câmara Municipal de Almada, com quem temos um protocolo de colaboração, ao Senhor Presidente Dr. Joaquim Judas e a todos os técnicos e trabalhadores da autarquia que nos apoiam nestas importantes iniciativas do movimento da Paz.

  • Intervenção de Socorro Gomes, presidente do Conselho Mundial da Paz e do Centro Brasileiro de Solidariedade com os Povos e Luta pela Paz, no Seminário "A ATUALIDADE DA LUTA PELA PAZ" realizado a 19 de março de 2016, em Almada.

    "Estimados amigos,
    Estimado presidente da Câmara Municipal de Almada, Sr. Joaquim Estêvão Miguel Judas:

    É com muito prazer que saúdo os amigos do Conselho Português pela Paz e Cooperação (CPPC) pela realização deste seminário, em colaboração com a Câmara Municipal de Almada, no contexto da reunião da Região Europa do Conselho Mundial da Paz.

    A abertura deste espaço de avaliação da atual conjuntura internacional e da nossa luta determinada pela paz é fundamental para o nosso fortalecimento e para a maior participação da população, que se engaja cada vez mais na justa causa pela humanidade.

  •  

    A convite do do Grupo Confederal da Esquerda Unitária Europeia / Esquerda Nórdica Verde (GUE / NGL), no Parlamento Europeu, o CPPC participou no seminário sobre os 70 anos da vitória sobre o nazi-fascismo na Segunda Guerra Mundial realizado no passado dia 13 de Maio.

    Leia aqui a intervenção de Ilda Figueiredo:

  • O Conselho Português para a Paz e Cooperação e a Câmara Municipal de Almada realizaram, no passado dia 19 de Março um Seminário Internacional sob o lema "A Actualidade da Luta pela Paz".

    A mesa do seminário, contou com a participação do Presidente da Câmara de Almada Joaquim Judas, da presidente do Conselho Mundial da Paz, Socorro Gomes, da Presidente da Direcção Nacional do CPPC Ilda Figueiredo e do moderador, Abílio Fernandes, da Presidência do CPPC.

  • No âmbito da comemoração do Ano Internacional de Solidariedade com o Povo Palestino decretado pela Organização das Nações Unidas (ONU), a Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses - Intersindical Nacional (CGTP-IN), o Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) e o Movimento pelos Direitos do Povo Palestino e pela Paz no Médio Oriente (MPPM) organizaram, com o apoio da Câmara Municipal de Almada e da Inovinter, no passado dia 29 de Novembro (Sábado), no Fórum Municipal Romeu Correia, em Almada, o Seminário Internacional de Solidariedade com o Povo Palestino.

  •  

    Por decisão da Assembleia Geral da ONU, o ano 2014 é o Ano Internacional de Solidariedade com o Povo Palestino. Também por decisão da Assembleia Geral da ONU, todos os anos celebra-se, a 29 de Novembro, o Dia Internacional de Solidariedade com o Povo Palestino. O dia foi escolhido, em 1977, porque nesse mesmo dia, em 1947, a Assembleia Geral da ONU havia aprovado a Resolução 181 sobre a Partilha da Palestina, decretando a criação de dois Estados no território histórico da Palestina. O Estado de Israel foi criado logo no ano seguinte, com uma declaração unilateral e uma campanha planeada de violência e de terror que se traduziu numa autêntica limpeza étnica da população palestina. Mas o prometido Estado da Palestina aguarda ainda hoje, 67 anos volvidos, a sua concretização.

  •  

    Excelentíssimo Senhor Embaixador da Palestina
    Estimados Representantes de Organizações Palestinas
    Sr. Deputado Bruno Dias
    Srª Deputada Catarina Marcelino
    Sr. Vice Presidente da Câmara Municipal de Almada
    Estimados Companheiros da CGTP-IN, do MPPM e do CPPC e outras organizações aqui presentes

    Caros Amigos,
    Em nome do Conselho Português para a Paz e Cooperação uma saudação calorosa a todos os participantes neste Seminário que se insere na proclamação pelas Nações Unidas de - 2014 - Ano Internacional de Solidariedade com o Povo Palestino.

  • Estimados Representantes de Organizações Palestina
    Excelentíssimos convidados

    Cumpre-me fazer o encerramento deste Seminário, tarefa difícil face à excelência das intervenções e comunicações aqui trazidas pelos ilustres conferencistas que ao longo do dia nos honraram com a sua presença.

    As minhas primeiras palavras vão para a Câmara Municipal de Almada, a quem, felicito por acolher esta iniciativa inserida na luta que os povos amantes da Paz travam, sem esmorecimento, há décadas, pelo direito do povo palestino a um Estado independente e soberano dentro das fronteiras de 1967 e com Jerusalém leste como capital.

  • Divulgamos informação sobre concurso de cartazes pela Paz recebida do Movimento Cubano pela Paz e a Soberanía dos Povos promovido por esta organização e pela Associação Cubana de Comunicadores Sociais.

    Este concurso é promovido no quadro do IV Seminário Internacional pela Paz e a Abolição das Bases Militares Estrangeiras, que se realizará na cidade de Guantanamo, Cuba entre os dias 22 e 25 deNovembro de 2015.

     

     

  • vi seminario internacional pela paz e a abolicao das bases militares estrangeiras 1 20190518 1895141063

    Cerca de uma centena de delegados de 35 países estiveram presentes no VI Seminário Internacional pela Paz e a Abolição das Bases Militares Estrangeiras, que decorreu entre 4 e 6 de maio, na província cubana de Guantanamo.

    Este seminário organizado pelo Movimento Cubano pela Paz e a Soberania dos Povos (MovPaz) conjuntamente com outras entidades e em parceria com o Conselho Mundial da Paz (CMP), emitiu uma declaração final que divulgamos abaixo (tradução do espanhol pelo Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz):

    Por um mundo de paz, sem bases, instalações e enclaves militares estrangeiros